Registro de Fitossanitários no MAPA / IBAMA / ANVISA

Na data de ontem o Mapa (Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento) deferiram vários processos que estavam em análise e com eles vieram as aprovações das Cepas para Controle Biológico. Desses produtos 20 são de controle biológico, sendo 13 para uso na agricultura orgânica.

Entre as novidades dos defensivos biológicos, encontra-se o primeiro registro do controlador Tetrastichus howardi. Uma vespinha cujas larvas são parasitoides da broca-da-cana-de-açúcar (Diatraea saccharalis) e da lagarta de cor parda (Thyrinteina arnobia), que vem se apresentando como uma das principais pragas do eucalipto na atualidade. 

Para a agricultura orgânica, o primeiro produto registrado com base na Especificação de Referência nº 39. Trata-se de uma mistura de Trichoderma harzianum com Trichoderma viride, recomendado para controle do fungo Rhizoctonia solani e do fungo Fusarium oxysporum.

Outros produtos registrados para uso na agricultura orgânica são à base de Trichoderma asperellum, de Bacillus thuringiensis var. kurstaki, um isolado de Beauveria bassiana, um isolado de Metarhizium anisopliae (isolado IBCB 425) e um Baculovírus Spodoptera frugiperda (SfMNPV).

A quantidade de produtos biológicos aprovados mostra que as empresas brasileiras e também estrangeiras estão cada vez mais empenhadas em cuidar do meio ambiente, utilizando cada vez mais defensivos fitossanitários em suas lavouras, segregando valores e qualidade para seus clientes produtores.

Com o registro desses 20 produtos, já somam 36 produtos de baixa toxicidade para o controle de pragas registrados em 2022.

Os produtos de baixo impacto são importantes para a agricultura não apenas pelos aspectos toxicológico e ambiental, mas também por beneficiar as culturas de suporte fitossanitário insuficiente, uma vez que esses produtos são aprovados por pragas-alvo e podem ser recomendados em qualquer cultura.

Todos os produtos registrados foram analisados e aprovados pelos órgãos responsáveis pela saúde, meio ambiente e agricultura, de acordo com critérios científicos e alinhados às melhores práticas internacionais.

Se você precisa regularizar seu fitossanitário e não sabe o caminho para realizar a regulamentação, entre em contato conosco podemos lhe assessorar em todas as etapas para regularização do seu produto.

Segue abaixo as Cepas aprovadas e suas indicações de uso:

Beauveria bassiana, isolado IBCB 66 – Indicado para qualquer cultura com ocorrência dos alvos biológicos Bemisia tabaci raça B, Cosmopolites sordidus, Tetranychus urticae, Dalbulus maidis e Sphenophorus levis. Produto Fitossanitário com Uso Aprovado para a Agricultura Orgânica.

Metarhizium anisopliae, isolado IBCB 425 – Indicado para qualquer cultura com ocorrência dos alvos biológicos Mahanarva fimbriolata, Zulia entreriana e Deois flavopicta. Produto Fitossanitário com Uso Aprovado para a Agricultura Orgânica

Trichoderma asperellum, isolado URM-5911 – Indicado para qualquer cultura com ocorrência dos alvos biológicos Rhizoctonia solani e Fusarium solani f.sp. phaseoli. Produto Fitossanitário com Uso Aprovado para a Agricultura Orgânica.

Beauveria bassiana, isolado Simbi BB 15 – Indicado para qualquer cultura com ocorrência dos alvos biológicos Dalbulus maidis e Bemisia tabaci.

BaculovírusSpodoptera frugiperda (SfMNPV), isolado 6. – Indicado para qualquer cultura com ocorrência do alvo biológico Spodoptera frugiperda. Produto Fitossanitário com Uso Aprovado para Agricultura Orgânica

Bacillus amyloliquefaciens, isolado CNPSo3202; Bacillus velezensis, isolado CNPSo3602; Bacillus thuringiensis, isolado CNPSo3915. – Indicado para qualquer cultura com ocorrência dos alvos biológicos Rhizoctonia solani e Pratylenchus brachyurus.

Bacillus thutingiensis kurstaki, isolado HD-1 (S1450) – Indicado para qualquer cultura com ocorrência dos alvos biológicos Alabama argilácea, Spodoptera frugiperda, Anticarsia gemmatalis e Chrysodeixis includens. Produto Fitossanitário com Uso Aprovado para a Agricultura Orgânica.

Tetrastichus howardi – Indicado para qualquer cultura com ocorrência dos alvos biológicos Thyrinteina arnobia e Diatraea saccharalis.

Trichoderma harzianum, cepa T78 – Indicado para qualquer cultura com ocorrência do alvo biológico Sclerotinia sclerotiorum.

Bacillus amyloliquefaciens, isolado CNPSo3202; Bacillus velezensis, isolado CNPSo3602; Bacillus thuringiensis, isolado CNPSo3915 – Indicado para qualquer cultura com ocorrência dos alvos biológicos Rhizoctonia solani e Pratylenchus brachyurus.

Trichoderma harzianum, isolado IBLF1278; Trichoderma harzianum, isolado IBLF 1282; Trichoderma viride, isolado IBLF1275; Trichoderma viride, isolado IBLF1276 – Indicado para qualquer cultura com ocorrência dos alvos biológicos Rhizoctonia solani e Fusarium oxysporum. Produto Fitossanitário com Uso Aprovado para a Agricultura Orgânica

Beauveria bassiana, isolado CBMAI 2359 – Indicado para qualquer cultura com ocorrência dos alvos biológicos Bemisia tabaci e Dalbulus maidis.

Pseudomonas fluorescens, isolado CCTB03; Pseudomonas chlororaphis, isolado CCTB19 – Indicado para qualquer cultura com ocorrência dos alvos biológicos Bemisia tabaci raça B, Dalbulus maydis e Euschistus heros.

Registro de Fitossanitários no MAPA / IBAMA / ANVISA
Comparti-lhe

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email.